Autenticação

Utilizador
Palavra-chave
 
 





















Área do utilizador
Página Principal  COVID-19

COVID-19

 

Despacho nº 55/2020, de 3 de setembro - ano letivo, 2020/2021

 

Plano de Contingência do IPV

 

Plano de segurança para a realização de aulas presenciais na ESTGV

 

Plano de segurança para a realização de provas de avaliação presencial na ESTGV

 

Medidas para a realização de provas de avaliação em exame final e provas finais de avaliação contínua - contexto de pandemia de COVID 19 -

 

Orientações para a realização de Provas Públicas de Defesa de Projeto/Estágio/Formação em Contexto de Trabalho através de videoconferência

 

Orientações para a realização de Provas Públicas de Dissertação/Projeto/Estágio através de videoconferência

 

Despacho n. 28/2020, de 4 de maio - Orientações para a retoma gradual das atividades presenciais do IPV

 

Orientações para avaliação contínua, para avaliação em exame final e para a realização de estágios/formação em contexto de trabalho

 

Ações a levar a efeito no âmbito das atividades letivas não presenciais no período excecional de presença da pandemia.

 

Despacho n.º 21/2020, de 11 de março - suspensão de atividades de formação presencial e outras.

 

Plano de Contingência

 

No contexto da epidemia causada pelo novo coronavírus COVID-19, a ESTGV em colaboração com o IPV, ativou um Plano de Contingência.

 

Tendo como referência as diretivas do Serviço Nacional de Saúde para infeção humana pelo coronavírus, o Plano de Contingência define o nível de resposta e de ação da Escola para minimizar os riscos de transmissão daquele agente patogénico e aplicar-se-á a todos os membros da comunidade académica e àqueles que, por motivos profissionais ou outros, se desloquem às instalações.

 

Toda a informação oficial e orientações sobre o tema estarão nos seguintes sítios:

http://www.estgv.ipv.pt/covid-19

- Placar no átrio do bar principal da escola.

 

Toda a comunidade académica deve dar especial atenção às recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) relativas a medidas de higiene e ao modo de proceder no caso de aparecimento de sintomas que configurem um caso suspeito: https://covid19.min-saude.pt

 

A classificação de um caso como suspeito de doença por COVID-19 deve obedecer a critérios clínicos e epidemiológicos. A definição seguinte é baseada na informação atualmente disponível no Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doença (ECDC):

 

CASO SUSPEITO - DEFINIÇÃO

No presente momento, a definição de um caso suspeito resulta da combinação de 2 critérios:

Critérios clínicos:

- Pessoa com sinais e sintomas de infeção respiratória aguda (febre, tosse ou dificuldade em respirar);

Critérios epidemiológicos:

- Pessoa que esteve em áreas com transmissão comunitária ativa nos 14 dias antes do início dos sintomas (Wuhan – Província de Hubei (China); Irão; Daegu, Cheongdo (Coreia do Sul); Bertonico, Castiglione d’Adda, Castelgerundo, Maleo, Codogno, San Fiorano, Fombio, Somaglia, Casalpusterlengo, Terranova dei Passereini – Região da Lombardia (Itália); Vo – Região do Veneto (Itália));

- Pessoa que teve contato com um caso confirmado ou provável de infeção por COVID-19, nos de 14 dias antes do início dos sintomas;

- Profissional de saúde ou pessoa que tenha estado numa instituição de saúde onde são tratados doentes com COVID-19.

 

COMO ATUAR PERANTE UM CASO SUSPEITO – PROCEDIMENTOS, NO CASO DE SE ENCONTRAR NA ESTGV:

- Qualquer estudante ou colaborador com critérios compatíveis com a definição de caso suspeito de doença por COVID-19, ou alguém que identifique um estudante ou colaborador nestas circunstâncias deverá informar imediatamente o Ponto Focal designado na escola  (Presidente e/ou Vice-Presidentes da ESTGV) através dos números (internos: 42020; 42021; 42022; externos: 232 480 500; 232 480 620; 232 480 610; 232 480 618) que o ajudará a dirigir-se para a área de isolamento definida para aquele efeito;

- Deverá ser prestada ao estudante ou colaborador doente toda a assistência necessária, incluindo se existirem dificuldades de locomoção;

- Deve assegurar-se a distância de segurança (superior a 2 metros) do doente;

- Deve colocar-se uma máscara cirúrgica e colocar luvas descartáveis;

- No interior da área de isolamento deve contactar a Linha SNS 24 (808 24 24 24) e seguir as indicações;

- Na situação de caso suspeito validado, o estudante ou colaborador doente deverá permanecer na área de isolamento (com máscara cirúrgica, desde que a sua condição clínica o permita), até à chegada da equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), ativada pela DGS, que assegura o transporte para o hospital de referência ou indica como deve ser feita a deslocação e para onde.

 

Se os sinais e sintomas se manifestarem em casa ou em outro local, ligue para o SNS24 (808 24 24 24) e siga as orientações fornecidas.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença:

- Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o cotovelo, nunca com as mãos; deitar sempre o lenço de papel no lixo);

- Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes;

- Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória.

 

Perguntas frequentes do site da DGS

Vídeos informatívos do site da DGS

 

Oferta Formativa

Candidaturas

Departamentos/Área

Serviços Académicos

Serviços Informática

Biblioteca

Redes Sociais Facebook e Google+

ESTGV no Facebook


ESTGVno Google+
Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu
Campus Politécnico
3504-510 Viseu

Telefone: +351 232480500
Fax: +351 232424651
E-mail: estgv@estgv.ipv.pt

Ver mapa maior