Autenticação

Utilizador
Palavra-chave
 
 





















Área do utilizador
Página Principal   Estudar   Oferta Formativa   Mestrados  Engenharia de Construção e Reabilitação

Engenharia de Construção e Reabilitação

 
Código M207
DepartamentoDepartamento de Engenharia Civil
Grau Mestre
Registo

Registo inicial:
R/A-Ef 3345/2011 de 18-03-2011
Registos de alteração:
R/A-Ef 3345/2011/AL01 de 25-05-2016

Duração 2 ano(s)
Regime A acordar entre a Direção do Curso e os alunos
Diretor de curso Manuel António Pinto da Silva Amaral
Secretariado do curso

Secretariado do Departamento de Engenharia Civil
Tel.: +351 232 480 500
E-mail: mpinto@estgv.ipv.pt
Página web: http://www.estgv.ipv.pt/estgv/; http://dep.estgv.ipv.pt/departamentos/dcivil/

  

 

Funcionamento (Calendário)

1. As aulas funcionarão nas instalações da ESTGV em horário a definir. A distribuição das aulas, ao longo da semana ou num determinado período concentrado da mesma, será ajustada em função da preferência da maioria dos alunos.
2. O início das aulas do Curso é afixado no Calendário Letivo do Curso de Mestrado em Engenharia de Construção e Reabilitação para o ano letivo 2021/2022.

Apresentação de curso

O Curso de Mestrado em Engenharia de Construção e Reabilitação tem por objetivo fornecer uma formação científica na área da Engenharia Civil direcionada para a construção e a reabilitação.


A estrutura curricular do Curso de Mestrado organiza-se num conjunto de competências, designadamente, nas especialidades da Construção Civil, Geotecnia, Hidráulica e Recursos Hídricos, Mecânica Estrutural, Planeamento e Urbanismo, Transportes e Vias de Comunicação. O curso, organizado em quatro semestres, apresenta um total de dezasseis unidades curriculares, seis em cada um dos dois primeiros semestres e 4 no terceiro. No último ano, o aluno desenvolve um trabalho de Dissertação / Projeto / Estágio. Este trabalho visa sobretudo pôr em prática as competências teóricas e teórico-práticas adquiridas ao longo das aulas.

A 1.ª edição do Curso entrou em funcionamento no ano letivo 2009/2010 (Plano de Estudos publicado no Despacho n.º 19672/2009, DR n.º 165, II série, de 26-8-2009), tendo colocado no mercado de trabalho os seus primeiros mestres no ano de 2011.
No ano letivo 2012/2013 entrou em funcionamento a 4.ª edição do Curso com um novo plano de estudos (Despacho n.º 6480/2012, DR n.º 94, II série, de 15-5-2012).

No ano letivo 2016/2017 entrou em funcionamento a 8.ª edição do Curso com um novo plano de estudos (Despacho n.º 7987/2016, DR n.º 115, II série, de 17-6-2016). Este plano de estudos foi incluído no FEANI/INDEX em novembro de 2017.

Em 2019, a Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) acreditou o Curso de Mestrado em Engenharia de Construção e Reabilitação pelo período máximo (6 anos), a partir de 31 de julho de 2018.

Acesso e ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre:
a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em Engenharia Civil;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos em Engenharia Civil, organizado de acordo com os princípios de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro em Engenharia Civil que seja reconhecido pelo Conselho Técnico Científico da ESTGV como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado;
d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Técnico Científico da ESTGV como atestando capacidade para a realização deste Curso de Mestrado;
e) Ex-alunos que frequentaram edições anteriores do mesmo Curso de Mestrado da ESTGV em que houve interrupção / caducidade da matrícula;
f) Alunos que concluírem o primeiro ciclo de estudos do Curso de Licenciatura em Engenharia Civil da ESTGV, no ano letivo 2020/2021;
g) Alunos abrangidos por protocolos de dupla diplomação.
2. O reconhecimento a que se referem os pontos b) a d) do n.º1 tem como efeito apenas o acesso a este Curso de Mestrado, i.e., não confere ao seu titular a equivalência ou o reconhecimento do grau de licenciado.

Saídas profissionais

O Mestre em Engenharia de Construção e Reabilitação atua profissionalmente em vários domínios: direção, fiscalização e coordenação de obras de conservação e restauro, diagnósticos e projetos de obras de reabilitação e consultoria técnica a empresas do setor da conservação e restauro, a empresas de gestão do património, a direções regionais de cultura, a empresas municipais, a empresas de construção civil ligadas a obras de intervenção no património e a outros organismos públicos.

Plano Curricular

1.º Ano - 1º Semestre Horas de Contacto  
Unidade Curricular T TP PL O ECTS
Construção e Reabilitação de Pavimentos Rodoviários 19,5 26 13 - 5
Durabilidade e Reabilitação de Estruturas de Betão Armado 19,5 39 - - 5
Edificações 19,5 39 - - 5
Matemática Aplicada à Engenharia 19,5 39 - - 5
Melhoramento e Reforço de Solos e Fundações 19,5 39 - - 5
Plano Urbano 19,5 39 - - 5
T - Teórico;  TP - Teórico-Prático;  PL - Prática e Laboratorial;  O - Outras Tipologias

1.º Ano - 2º Semestre Horas de Contacto  
Unidade Curricular T TP PL O ECTS
Construções Metálicas 19,5 39 - - 5
Durabilidade e Reabilitação de Estruturas de Alvenaria e Madeira 19,5 39 - - 5
Gestão de Tráfego 19,5 39 - - 5
Métodos de Modelação Numérica em Engenharia 19,5 39 - - 5
Patologia e Reabilitação de Edifícios 19,5 39 - - 5
Projeto BIM 19,5 39 - - 5
T - Teórico;  TP - Teórico-Prático;  PL - Prática e Laboratorial;  O - Outras Tipologias

2.º Ano - 1º Semestre Horas de Contacto  
Unidade Curricular T TP PL O ECTS
Eficiência Energética e Conforto nos Edifícios 19,5 39 - - 4.5
Gestão e Avaliação da Qualidade, Ambiente e Património 19,5 39 - - 4.5
Hidrologia e Recursos Hídricos 19,5 39 - - 4.5
Opção 4.5
       Complementos de Construções Metálicas 19,5 39 - - 4.5
       Engenharia Sísmica e Dinâmica de Estruturas 19,5 39 - - 4.5
       Estruturas de Betão Pré-Esforçado 19,5 39 - - 4.5
T - Teórico;  TP - Teórico-Prático;  PL - Prática e Laboratorial;  O - Outras Tipologias

2.º Ano - Anual Horas de Contacto  
Unidade Curricular T TP PL O ECTS
Dissertação/Projeto/Estágio - - - 292,5 42
T - Teórico;  TP - Teórico-Prático;  PL - Prática e Laboratorial;  O - Outras Tipologias

Áreas Científicas

Áreas ECTS
Engenharia Civil 110.5
Matemática 5
(*) Áreas de U.C.s Optativas 4.5
Total 120

(*) Áreas de U.C.s Optativas ECTS
Engenharia Civil 13.5

Avaliação e Qualidade

Avaliação/Acreditação do Curso pela A3ES

Autoavaliação: Relatório

Avaliação externa: Relatório

Decisão e data da publicitação: Acreditado (6 anos) | 11-04-2019

Mais informação: consultar deliberação da A3ES
 

Relatório anual no âmbito do SIGQ

Relatório de Curso

 

Empregabilidade

Informação estatística: DGEEC ou InfoCursos

Outras informações

1. Taxa de candidatura: 25 €;
2. Emolumento caso a candidatura se enquadre na alínea c) ou d), do n.º 1, do ponto 2 deste edital (Destinatários): 35 €;
3. Taxa de matrícula e inscrição anual: 50 €;
4. Seguro escolar anual: 4,36 €;
5. Carta de aceitação (para Estudantes Internacionais que a solicitem): 10 €;
6. Propina anual: 1050 € (propina anual para Estudante Internacional: 1600 €);
7. Modalidades de pagamento da propina: o pagamento da propina é efetuado em prestações (5 prestações mensais iguais, por semestre letivo), nos prazos definidos no Regulamento de Propinas do IPV. Na data do requerimento da prova de defesa pública, o pagamento das propinas tem de estar regularizado.
Notas:
* Valores fixados para o ano letivo 2021/2022. O valor do seguro escolar poderá sofrer ligeira alteração.
- Haverá direito à restituição total dos valores efetivamente pagos, com exclusão da taxa de candidatura, da carta de aceitação e dos custos decorrentes das transações bancárias, apenas nas situações que estejam dependentes da obtenção de visto, e desde que os estudantes façam prova de que o visto foi recusado. No caso de recusa do visto, a restituição poderá ser solicitada por correio eletrónico para (ipv@sc.ipv.pt) até 10 dias úteis após a informação de recusa.
- Aos estudantes em situação de emergência por razões humanitárias matriculados e inscritos no Instituto Politécnico de Viseu (IPV), aplica-se o regime de propinas, taxas e emolumentos fixado pelo IPV para estudantes nacionais. Neste caso, de acordo com o disposto no Regulamento do Estatuto do Estudante Internacional do IPV, será necessário efetuar um requerimento, em modelo próprio, a solicitar a aplicação do estatuto de estudante em situação de emergência por razões humanitárias.

Oferta Formativa

Candidaturas

Matrículas - Diplomados
Vias Profissionalizantes

Inscrições Letivas

Departamentos/Área

Serviços Académicos

Serviços Informática

Biblioteca

Redes Sociais Facebook e Google+

ESTGV no Facebook


ESTGVno Google+
Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu
Campus Politécnico
3504-510 Viseu

Telefone: +351 232480500
Fax: +351 232424651
E-mail: estgv@estgv.ipv.pt

Ver mapa maior