Autenticação

Utilizador
Palavra-chave
 
 





















Área do utilizador

Agenda

« Junho 2021 »
D S T Q Q S S
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30

Portal Académico

Moodle@ESTGV

Avaliação e Qualidade

IPV

Provedor do Estudante

Publicitação Institucional

Ficha da Unidade Curricular

Informações Gerais

Ano Letivo 202021
Unidade Curricular Laboratórios de Agentes Físicos e Químicos
Código1390
Departamento/área responsávelDepartamento de Ambiente
Área de educação e formação524 - Tecnologia dos Processos Químicos
Componente de formaçãoComponente de Formação Técnica
ECTS6
Ano curricular2
Semestre curricular1º Semestre
Regime de frequênciaObrigatório
Docentes Paulo Gabriel Fernandes de Pinho
Bruno Miguel Morais Lemos Esteves
Horas
Horas de contacto Das quais de aplicação Outras horas de trabalho
65 52 94
Tempo total de trabalho (horas) 159

Objetivos / Competências

Com esta unidade curricular os alunos devem:
reconhecer os agentes físicos e químicos presentes num ambiente interior e/ou laboral, bem como os parâmetros caracterizadores, equipamentos de medição e procedimentos de amostragem e determinação; identificar e nomear a legislação e normalização relativa a agentes físico químicos presentes num ambiente interior e/ou laboral; aplicar as técnicas para determinação de agentes físicos e químicos presentes num ambiente interior e/ou laboral; operar equipamento de medição de parâmetros caracterizadores de agentes físico químicos; seguir procedimentos de medição de parâmetros caracterizadores de agentes físico químicos; tratar os dados recolhidos nas medições e elaborar boletins ou relatórios; desenvolver competências na organização e redação de relatórios e outras formas de apresentação de resultados; mediar o relacionamento interpessoal em trabalho de equipa; fomentar o espírito crítico na análise de resultados.

Conteúdos programáticos resumidos

1. Conceitos teóricos e parâmetros caracterizadores de agentes físicos e químicos presentes num ambiente interior e/ou laboral.
2. Procedimentos de amostragem e determinação de agentes físicos e químicos presentes num ambiente interior e/ou laboral.
3. Aplicação prática, incluído tratamento de dados e elaboração de relatórios de ensaio com cálculo de incertezas, através da realização dos seguintes ensaios laboratoriais:
3.1 Avaliação da exposição ao ruído durante o trabalho;
3.2 Determinação da iluminância - postos de trabalho interiores;
3.3 Medição de temperatura ambiente e humidade relativa;
3.4 Determinação da exposição a compostos orgânicos voláteis;
3.5 Determinação da exposição ao dióxido de carbono.

Metodologias de ensino e critérios de avaliação

Privilegiar-se-á o ensino participativo e prático. O aluno, em grupo, realizará trabalhos de campo ou de simulação da realidade. Serão lecionadas aulas teórico práticas de interpretação e discussão das normas e legislação aplicadas a cada um dos trabalhos práticos A classificação final da unidade de formação corresponde à média ponderada das 3 componentes seguintes: avaliação contínua: 65%; avaliação sumativa: 30%; assiduidade e pontualidade: 5%. Avaliação sumativa consta de uma prova de avaliação escrita teórica e teórico-prática, com nota mínima de 9 valores. A avaliação contínua tem carácter sistemático e contínuo, incidindo nos dados da formação que evidenciem os conhecimentos e competências adquiridos. A avaliação contínua será atribuída tendo em consideração avaliações pontuais efetuadas (relatórios e/ou apresentações). O aluno para obter aprovação, deve atingir a classificação mínima de 10 valores (de 0 a 20) e deverá estar presente no mínimo em 75% das aulas.

Bibliografia resumida

- NP ISO 9612:2011. Acústica. Determinação da exposição ao ruído ocupacional Método de Engenharia (ISO 9612:2009);
- NP EN 689:2008. Atmosferas dos locais de trabalho Guia para a apreciação da exposição por inalação a agentes químicos por comparação com valores limite e estratégia de medição;
- NP 1796:2014. Segurança e saúde do trabalho Valores-limite e índices biológicos de exposição profissional a agentes químicos;
- ISO 8995-1:2002. Lighting of work places -- Part 1: Indoor;
- NP EN 12646-1:2017. Luz e iluminação. Iluminação dos locais de trabalho. Parte 1: Locais de trabalho interiores;
- IPAC (2008). Circular de clientes n.º 3/2008. Laboratórios de ensaios de caracterização do nível de conforto ambiental. IPAC - Instituto Português de Acreditação;
- IPAC (2012). OEC011 - Requisitos específicos para a acreditação de laboratórios de ensaios de caracterização do nível de conforto ambiental. IPAC - Instituto Português de Acreditação.

Oferta Formativa

Candidaturas

Matrículas CNA

Inscrições Letivas

Departamentos/Área

Serviços Académicos

Serviços Informática

Biblioteca

Redes Sociais Facebook e Google+

ESTGV no Facebook


ESTGVno Google+
Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu
Campus Politécnico
3504-510 Viseu

Telefone: +351 232480500
Fax: +351 232424651
E-mail: estgv@estgv.ipv.pt

Ver mapa maior